• drafernandacalil

Artrite Reumatoide e gravidez

Boa notícia para quem tem Artrite Reumatoide (AR) e sonha em ser mãe: a AR não é restritiva nem proibitiva para a gravidez. E mais: os sintomas AR, que incluem inchaço e rigidez nas articulações, costumam dar trégua durante a gestação. Apesar disso, é essencial manter o acompanhamento rigoroso com o médico especialista ao longo dos nove meses da gravidez. Afinal, cerca de seis meses depois de dar à luz, e ainda durante a amamentação, é esperado que haja uma recaída e esses efeitos colaterais se agravam. É nessa hora que o especialista adequa novamente a medicação específica para lactantes.  Em nome do bem-estar e da qualidade de vida, o ideal seria programar a gestação levando em conta o estágio da AR da futura mãe – e tentar a concepção para o período em que a AR esteja bem controlada. Isso porque se deve levar em conta o estado da AR no início da gestação e o uso de medicamentos antes e durante a gravidez, para garantir que eles sejam os adequados para cada período e, consequentemente, seguros para o feto; e, depois do parto, no período de amamentação.




2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo